Projeto: Casa-abrigo para mulheres vítimas de violência doméstica

Nos últimos anos temos visto o crescimento da violência contra a mulher no Brasil, onde entre os anos de 1980 e 2010 foram assassinadas no país cerca de 92 mil mulheres, 43,7 mil só na última década. A cidade de Caraguatatuba aparece com uma taxa de 9,8 homicídios femininos por 100 mil mulheres, classificando-o como o 72º município mais violento do Brasil. Grande parte destes homicídios ocorrem em ambiente domestico, ou seja, dentro da casa das próprias vitimas, onde um familiar é responsável pelo crime.

Um instrumento utilizado pelo governo para diminuição da violência doméstica, e para que esta não chegue a situações extremas, como um homicídio, é afastar as vítimas com seus filhos e dependentes do agressor. Para tal, são necessários locais para abrigar estas pessoas até o momento em que elas possuam independência financeira e emocional para seguirem com suas vidas. Estes locais são chamados de casas-abrigo.

As Casas-abrigo são locais para abrigamento de mulheres vítimas de violência doméstica em risco de morte iminente, assim como seus filhos. Possuem caráter sigiloso e temporário, com a finalidade de manter as vítimas em segurança, sem a possibilidade de localização pelo agressor, tendo como objetivo dar suporte jurídico, social e psicológica para as vítimas, dando-lhes suporte para inserção na sociedade, assim como valorizando-as cidadãs.

Nesta proposta de casa-abrigo, procuramos criar um ambiente humanizado, onde as usuárias sintam-se livres para realizar suas atividades, criando espaços arborizados e amplos, onde as medidas de segurança têm seu foco ofuscado pelo paisagismo e volumetria das edificações, garantindo a sensação de se estar em um condomínio comum.

Todo o empreendimento é acessível para portadores de necessidades especiais, além de utilizar algumas artifícios para minimizar impactos ambientais: captação de água da chuva, baixa impermeabilização do solo e volumetria e disposição das edificações que favorecem a ventilação e iluminação natural.

#ArquitetosAssociadosCaragua #Acessibilidade

Post selecionado
Arquivo
Nenhum tag.
Tags

© 2015 by Alcântara&Duarte Arquitetura

Parceiros